<span class='p-name'>Confie: a automotivação é necessária para sua vida pessoal e profissional</span>

Confie: a automotivação é necessária para sua vida pessoal e profissional

Simples, né? E não é fácil manter-se motivado. Assim como não há fórmulas matemáticas que possam manter esse estado de espírito latente, pronto pra ‘te por pra cima’ quando as coisas não forem bem.

A verdade é pragmática: nossas emoções recebem estímulos variados, que fazem surgir muitas sensações e sentimentos durante cada segundo do dia. Dezenas de pensamentos por minuto invadam nossa mente e agitam nossas emoções.  

Saber observar essas flutuações, permite analisar como estamos reagindo e de que maneira isso vem afetando nosso comportamento.

É a mesma coisa quando observamos ‘o outro’.

Entender as emoções subjacentes aos diálogos vai treinando habilidades humanas. A empatia, portanto, é uma saída não só muito falada como necessária no mercado de trabalho hoje.

Entendendo os recados do corpo…

É possível detectar sintomas de que você precisa treinar sua capacidade de se automotivar quando você acorda cansado e sem energia. Além de buscar ajuda profissional (nunca subestime alterações), você deve simplesmente analisar os caminhos neurais que a sua mente faz a todo momento.

Observe se suas reações automáticas não estão aumentando a sensação de ‘inércia’ diante da vida.  Em estados como esse, fica fácil mapear o quanto a falta de um propósito claro pode afetar sua vida pessoal e reflete em seu desempenho profissional.

A boa notícia é que é possível encontrar caminhos que não bloqueiam nossas capacidades, aumentando as chances de encontrarmos força para superar problemas. O treino. As técnicas. A capacidade de pensar estratégico e planejar ações.  

Automotivar pode ser saber dar um descanso a si mesmo. Pensar sob uma racionalidade positiva, para encontrar saídas de maneira assertiva e prática.

Para as lideranças, esse exemplo produz a equipe em uma convivência saudável, integrada, dinâmica e produtiva. Lembre-se que resultados não são medidos somente pelos seus fins, mas por um conjunto de ações implantadas durante um processo.

Antes de tudo, proponha-se a praticar a automotivação.

6 Dicas:

  • Dê-se votos de confiança e reafirme seus propósitos e objetivos todos os dias.
  • Anote suas metas do dia – Esse planejamento ajuda a manter o foco em seus objetivos e direcionar melhor suas ações ao longo do dia
  • Cuide -se. É muito importante que dentro da rotina do seu dia você inclua o autocuidado, que vai desde separar 5 minutos para meditar ou praticar esportes. Dedique-se a descansar seu corpo e sua mente.
  • Reconheça e recompense seus ganhos. Muitas vezes temos ganhos expressivos que ficam fáceis de serem reconhecidos. Mas nem sempre sabemos identificar pequenos avançado que fizemos ao longo do dia. Basta deixar a mente atenta, em estado de observação e com atitude positiva. Comemore sua evolução.

Deixe uma resposta

Fechar Menu