<span class='p-name'>O que é experiência de compra?</span>

O que é experiência de compra?

Uma das expressões que mais se usa em vendas, hoje em dia, é a experiência de compra. Isso significa proporcionar ao cliente final uma vivência – o desenvolvimento de uma interação com o produto/marca/serviço ofertado. 

Experiência de compra é o conjunto de impressões que o cliente tem desde o momento em que toma contato com a marca, durante suas primeiras pesquisas até o processo do pós-venda. É a construção de sua interação com a marca. 

Cada um desses detalhes vai determinar uma experiência, o que também vai fazer com que a pessoa indique esta marca, volte a comprar, compartilhe com outras pessoas, fale bem do produto, recomende aos amigos e etc. 

E essa cadeia de acontecimentos e a observação do comportamento do consumidor que faz com que os profissionais possam pensar as melhores estratégias para a venda.

As ferramentas online e as possibilidades de monitoramento e análise que a tecnologia oferece, aumentou a possibilidade de observar e criar indicadores que possam melhorar as experiências de compra dos consumidores finais.  

Veja que interessante: o Sebrae de Santa catarina mapeou em uma pesquisa que “o que os consumidores querem” está relacionado a alguns indicadores/parâmetros: 

  • 70,8% consideram o preço um dos cinco fatores que mais influenciam na decisão de compra.
  • 52,3% começam sua pesquisa de compras em lojas tradicionais.
  • 50,9% associam melhor experiência de compra aos melhores serviços online.
  • 41,5% preferem comprar em lojas físicas.
  • 36% começam sua pesquisa de compras em sites de lojas.
  • 29% preferem comprar em lojas virtuais.

Ao mesmo tempo em que a tecnologia aumenta as possibilidades de avaliação do comportamento das pessoas, as tradicionais ferramentas de vendas ganham ainda mais relevância. Um dos melhores exemplos é o tripé básico do atendimento.

Na presença do cliente, é fundamental: 

– Olhar no olho das pessoas;

– Sorrir;

– Fazer uma saudação inicial entusiasmada: ”Bom dia”, ”Boa tarde”, ”Seja bem Vindo”. Chamar o cliente pelo nome e recebê-lo com alegria. 

Em tempos onde a atenção se perde (facilmente) para a tela do celular, é fundamental treinar as equipes para fazer uma abordagem personalizada, atenta, fazendo com que o cliente se sinta ouvido e entendido em suas “dores” e “problemas”. 

Definir e criar boas experiências de compra é um desafio que exige treino e maturidade. Quanto mais os líderes e equipes se dedicam à apurar o olhar para estas estratégias, mais os resultados tendem a melhorar. 

Deixe uma resposta

Fechar Menu